Empreendedorismo

A importância do ensino empreendedor nos cursos de engenharia é destaque em seminário no dia 19 de março

No próximo dia 19, o Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (Isitec), mantido pelo Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo (Seesp) e apoiado pela Federação Nacional dos Engenheiros (FNE), sediará o seminário “Educação Empreendedora e Novas Diretrizes Curriculares em Engenharia”. A atividade que, entre outros temas, trata da importância do ensino do empreendedorismo no curso de Engenharia, é uma realização da Abenge (Associação Brasileira de Educação em Engenharia).

O diretor de graduação do Isitec, José Marques Póvoa, destaca a importância do evento para a engenharia nacional. “Na proposta das novas diretrizes curriculares, a formação empreendedora será indispensável. Todos os cursos da área terão que se adequar para atender a essas condutas, sendo uma dessas fazer com que o profissional atue em todo o “ciclo de vida” e contexto do empreendimento, inclusive na sua gestão e manutenção”, afirma.

Nesse sentido, o professor também ressalta que o Isitec pode se tornar um modelo para outros cursos, uma vez que já foi criado com essa visão. “No nosso curso de Engenharia de Inovação, pioneiro no País, temos sete disciplinas, como momentos de discussão sobre empreendedorismo, design e inovação​”, explica Póvoa.

O seminário tratará também de políticas públicas e privadas para a educação empreendedora em Engenharia, lançando perspectivas e discutindo relatos de casos. “A proposta para as novas diretrizes foca em um perfil desejado do engenheiro para o século XXI, uma das premissas para criar o Isitec e a graduação em Engenharia de Inovação”, exalta Póvoa.

O seminário será das 8h às 19h, na sede do Isitec (Rua Martiniano de Carvalho, 170, no bairro Bela Vista, em São Paulo). Mais detalhes sobre a programação no link: https://goo.gl/mWiaYs