Elza Soares na Mostra Motumbá

A cantora apresenta seu aclamado show “A Mulher do Fim do Mundo” do dia 16 a 19/2

elza soaresEste ano o Carnaval cai no último dia de fevereiro, mas para quem acompanha o calendário da mostra Motumbá – Memórias e Existências Negras, que acontece no Sesc Belenzinho desde novembro, a festa começou com música boa logo na primeira semana do mês. Depois de receber figuras importantes da Velha Guarda do samba paulistano, do consagrado percussionista baiano Marco Lobo e de Afrojazz com participação de Larissa Luz, ainda em fevereiro uma grande representante nacional da música negra subirá ao palco. Para fechar a programação mensal, a agenda reservou um grande espaço para Elza Soares e o seu aclamado show “A Mulher Fim do Mundo” (16 a 19/02).

Uma das maiores personalidades da história da música popular brasileira, Elza levará ao palco repertório com músicas do seu disco homônimo – e bastante premiado -, fruto de seu encontro com a estética musical contemporânea de São Paulo. O repertório inclui hits como A Mulher do Fim do Mundo, Coração do Mar, Firmeza?!, Benedita, Maria da Vila Matilde, além de sucessos de sua carreira, como Malandro, A Carne e Volta por Cima. No show, a cantora estará acompanhada pelos músicos Kiko Dinucci, Marcelo Cabral, Rodrigo Campos, Romulo Fróes, Felipe Roseno e Guilherme Kastrup.

A mostra Motumbá – Memórias e Existências Negras integra diversas linguagens artísticas e ações culturais com o objetivo de apresentar um panorama das poéticas, estéticas e temáticas produzidas e interpretadas por grupos e artistas negros e periféricos. Começou em novembro e segue até março no Sesc Belenzinho, com programação variada, oficinas, debates, apresentações de teatro, performance, dança, shows musicais, saraus literários e muito mais.

Músicas inéditas
Primeiro trabalho de Elza Soares com somente canções inéditas, “A Mulher do Fim do Mundo” é fruto do encontro da intérprete com a estética musical contemporânea de São Paulo. Neste show, a cantora é acompanhada pelos músicos Kiko Dinucci, Marcelo Cabral, Rodrigo Campos, Romulo Fróes, Felipe Roseno e Guilherme Kastrup. Eleita em 2000 como a Melhor Cantora do Milênio pela BBC de Londres e do alto dos seus 60 anos de carreira, Elza Soares vive, atualmente, a apoteose de uma vida dedicada à música e leva aos palcos uma “ópera” emocional que retrata as mazelas sociais, instigando o espectador à reflexão sobre a condição do indivíduo em uma sociedade violenta com crítica social e política.
Duração: 1h30
Quando: 16, 17, 18 e 19/2, quinta, sexta e sábado, às 21h; domingo, às 18h
Local: Teatro
Ingressos: R$ 60 / R$ 30 / R$ 18
Não recomendado para menores de 12 anos

Serviço
Motumbá – Memórias e Existências Negras
Data: até março de 2017
Local: Sesc Belenzinho
Endereço: Rua Padre Adelino, 1000, Belenzinho, São Paulo (SP)
Mais informações: Tel. (11) 2076-9700 ou www.sescsp.org.br/belenzinho e http://www.sescsp.org.br/programacao/107905_M+O+T+U+M+B+A++MEMORIAS+E+EXISTENCIAS+NEGRAS#/content=programacao
Agendamento de grupos: pelo email agendamento@belenzinho.sescsp.org.br ou (11) 2076-9704. Atendimento das 10h às 17h.
Estacionamento: Para espetáculos com venda de ingressos após as 17h: R$ 15,00 (não matriculado); R$ 7,50 (credencial plena no SESC – trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo/ usuário).