Virada na Paulista: 12 minutos de fogos

Show pirotécnico que ocorre meia noite celebrará o Réveillon na via que é o cartão postal da cidade274256_573327_avenida_paulista_170413_foto_josecordeiro_010_web_A festa que marca a entrada de 2017 será celebrada com mais de 12 minutos de show pirotécnico na avenida Paulista. A queima de fogos promete emocionar o público do evento, que terá início às 18h do dia 31 e previsão de término por volta das 2h da manhã do dia 1º.

O palco das apresentações musicais, de 13 x 20 metros, já está sendo montado na altura do número 500 da avenida Paulista, no cruzamento com a avenida Brigadeiro Luís Antônio, de frente para o sentido Consolação da via. A área dos shows irá até a altura da alameda Casa Branca.

As atrações atendem a diversos estilos. O evento começará com o DJ Leandro Pardi, que retorna a cada troca de palco para a festa não parar. A noite ainda contará com as apresentações de Edson e Hudson, Emicida, Daniela Mercury – que fará a contagem regressiva para a virada do ano –, Elza Soares com acompanhamento do conjunto de metais do grupo Bixiga 70 e encerramento da banda Glória, que deve finalizar a festa por volta das 2h da manhã do dia 1º. A mestre de cerimônias será a drag queen Tchaka.

Para o público poder acompanhar todos os detalhes, oito painéis de LED serão instalados por toda a avenida. Na parte de gastronomia, o evento contará com vários pontos com barracas de alimentação credenciadas pela Subprefeitura da Sé.

Para garantir a segurança, a Polícia Militar fará uma operação especial. Haverá ainda 600 seguranças privados e 150 brigadistas para dar apoio e a Secretaria de Coordenação das Subprefeituras e a Guarda Civil Metropolitana farão a fiscalização de venda de produtos irregulares. E para garantir o atendimento de saúde à população, 8 postos médicos e 24 ambulâncias (sendo 8 com UTI) estarão de prontidão, com o auxílio da Secretaria Municipal de Saúde.

Também serão instalados ao longo da avenida 370 sanitários químicos (sendo 20 para pessoas com deficiência), além de 2,5 mil grades, 500 barricadas e 11 caçambas de lixo.

O público poderá acessar o evento pelas vias: rua Pamplona, alameda Campinas, rua Joaquim Eugênio de Lima, av. Brigadeiro Luis Antônio e a própria av. Paulista. As entradas mais próximas ao palco serão fechadas à medida que o espaço for atingindo sua capacidade total, direcionando as pessoas para as próximas entradas.

Haverá revista preventiva nos acessos à área dos shows e não será permitida a entrada com armas de fogo, objetos perfurantes ou cortantes, latas, garrafas, guarda-chuvas, fogos de artifício e outros que possam apresentar risco.

Para dar todo o suporte à mobilidade da população, a Secretaria Municipal de Transportes, por meio da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-SP) e da São Paulo Transportes (SPTrans), divulgará nos próximos dias os bloqueios de trânsito e as mudanças nas linhas de ônibus.

O Metrô também terá operação especial e manterá as estações Trianon-Masp, Paraíso e Consolação abertas durante a madrugada para a chegada e partida do público. Na avenida Paulista, somente a estação Brigadeiro será fechada. A indicação é para que o público chegue ao evento utilizando o transporte público.

A montagem do palco na avenida Paulista começou dia 27 de dezembro e duas faixas de cada lado permanecem liberadas. A ciclovia também está livre. No dia 30, às 22h, toda a via ficará interditada, assim como a Av. Brigadeiro Luis Antônio, já em razão da montagem da Corrida de São Silvestre. No dia 1º será feita a desmontagem de todo o Réveillon e a avenida Paulista será novamente liberada na parte da tarde.

A Secretaria Municipal de Serviços, por meio da Amlurb (Autoridade Municipal de Limpeza Urbana), dará todo o apoio necessário para viabilizar a limpeza após o término dos shows, com centenas de agentes trabalhando no local.

O Réveillon na Paulista 2016/2017 também contará, por mais um ano, com uma pesquisa conduzida pelo Observatório de Turismo e Eventos da SPTuris para medir o impacto do evento, o fluxo de visitantes gerado e para que o público possa avaliar e dar sugestões. Serão 20 pesquisadores que irão entrevistar mais de 1,2 mil pessoas durante os shows.

O evento é uma realização da Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria para Assuntos de Turismo, Secretaria Municipal de Cultura e São Paulo Turismo (SPTuris), com apoio de vários órgãos municipais como CET, SPTrans, GCM, além da Polícia Militar e Metrô.

Confira as principais informações sobre o evento:

Horário: 18h (dia 31/12) às 02h (dia 1º/01)
Palco: estrutura de 13x20m, localizado no cruzamento da Av. Paulista (altura do número 500) com a Av. Brigadeiro Luís Antônio
Área do evento para o público: Avenida Paulista – entre a avenida Brigadeiro Luis Antônio até a Alameda Casa Branca

Atrações:
18h às 19h – DJ Leandro Pardi
19h – Edson e Hudson
Intervalo – DJ Leandro Pardi
20h30 – Emicida
Intervalo – DJ Leandro Pardi
22h30 – Daniela Mercury
Intervalo – DJ Leandro Pardi
0h50 – Elza Soares (acompanhamento do conjunto de metais do grupo Bixiga 70)
1h40 – Banda Glória