WTM Latin America 2017

Evento tem público 23% superior a 2016

wtm - logo 2017A 5ª edição da WTM Latin America começou ontem (4), no Expo Center Norte, em São Paulo, e já soma 23% a mais de pessoas no primeiro dia: são expositores, compradores e visitantes em uma programação voltada para diferentes oportunidades de negócios e atualização profissional.

Na cerimônia de abertura, que contou com a presença secretários regionais e estaduais, líderes de entidades de classe e empresários do setor, o ministro do Turismo, Max Beltrão destacou a relevância do setor na geração de empregos e afirmou que as iniciativas não podem partir apenas do âmbito nacional. “As prefeituras precisam discutir projetos para que o crescimento do mercado de trabalho aconteça em todos os níveis”.

Lawrence Reinisch, diretor da WTM Latin America, disse que apesar “dos tempos desafiadores que o mundo enfrenta nos últimos cinco anos, este é o momento da volta do crescimento”. O executivo também reforçou o papel do turismo na criação de emprego e aumento de renda movimentando a cadeia de econômica. “É preciso que o turismo tenha um legado sustentável e responsável.”

Apesar do avanço de quase 10% no setor em 2016, Magda Nassar, presidente da Braztoa, afirmou que o País está longe da maturidade no setor e cobrou uma melhor interlocução com a presidência para resolver os pleitos dos empresários e dos consumidores, pedindo políticas de valorização voltadas para os profissionais do Turismo.

Tendências 2017
O Relatório de Tendências 2017 da WTM Latin America, publicado em associação com a Euromonitor Internacional, traz as tendências que vêm surgindo no setor de viagens e turismo da América Latina. Neste ano o destaque ficou por conta da maior participação das mulheres como viajantes e da população acima de 50 anos, que em breve deve representar mais de 25% dos visitantes da região.

O estudo completo, apresentado por Marília Borges, analista de pesquisas da Euromonitor Internacional baseada no Brasil, está disponível em http://bit.ly/2oIpkMn.